Pyongyang suspende primeiro encontro do ano entre as Coréias

Na semana passada, presidente eleito sul-coreano anunciou o fim do Ministério da Unificação em seu mandato

Efe,

21 de janeiro de 2008 | 05h21

A Coréia do Norte propôs nesta segunda-feira, 21, suspender um encontro de trabalho sobre a cooperação ferroviária com a Coréia do Sul, informou a agência de notícias Yonhap. Esta seria a primeira reunião programada para este ano entre os dois países. As duas Coréias tinham previsto iniciar nesta terça-feira uma reunião de trabalho de dois dias na cidade norte-coreana de Kaesong para abordar a revisão da ferrovia no oeste da península, e o transporte de torcedores dos dois países aos Jogos Olímpicos de Pequim. Segundo o Ministério de Unificação sul-coreano, Pyongyang suspendeu o encontro alegando que era "o começo do ano e ainda há coisas a preparar". A suspensão aconteceu depois de a equipe de transição do presidente eleito sul-coreano, Lee Myunb-bak, anunciar na semana passada o fim do Ministério da Unificação em seu mandato. A Coréia do Norte ainda não expressou sua postura oficial sobre o assunto. Lee, que chegará à Presidência no dia 25 de fevereiro, se comprometeu a assumir uma política dura em relação ao regime norte-coreano enquanto Pyongyang não renunciar a seu programa nuclear.

Tudo o que sabemos sobre:
Coréia do SulCoréia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.