QG da coalizão em Nasiriya é atacado

Homens armados, supostamente ligados ao xiita radical Muqtada al-Sadr, atacaram o quartel-general da coalizão liderada pelos EUA na cidade de Nasiriya, mantendo alguns funcionários internacionais presos dentro do edifício. O tiroteio teve início ao anoitecer entre milicianos e tropas italianas, com o apoio de seguranças filipinos, dizem autoridades. Pelo menos cinco granadas propelidas por foguete foram disparadas contra o edifício num período de 30 minutos. Cerca de 10 funcionários, entre italianos, americanos e britânicos encontram-se impedidos de sair do prédio, bem como 10 motoristas e seguranças e quatro jornalistas italianos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.