EFE/Mario Guzmán
EFE/Mario Guzmán

Assalto à Casa da Moeda do México provoca comparações com 'La Casa de Papel'

Assaltantes levaram US$ 2,5 milhões em moedas de ouro e relógios de uma filial da Casa da Moeda do México

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de agosto de 2019 | 10h52

CIDADE DO MÉXICO - Uma quadrilha roubou na terça-feira, 6, US$ 2,5 milhões em moedas de ouro e relógios de uma filial da Casa da Moeda do México na capital do país. O roubo foi comparado nas redes sociais com a popular série da La Casa de Papel, da Netflix, na qual ladrões assaltam a Casa da Moeda da Espanha e o Banco Central do país europeu. 

Segundo a secretaria de Segurança Pública da Cidade do México, dois empregados da instituição e um segurança terceirizado, que foi desarmado durante o roubo. 

O assalto ocorreu na manhã de terça-feira, quando três pessoas neutralizaram o segurança e se dirigiram ao cofre da Casa da Moeda. Não houve feridos. 

O secretário de segurança Jesús Orta disse que ainda deve ser contabilizado todo o prejuízo. Foram roubados moedas de ouro, dinheiro, moedas comemorativas do centenário da independência do México, cada uma no valor de US$ 1,8 mil, e relógios.

'La Casa de Papel e o roubo no México

Nas redes sociais, centenas de mexicanos especulavam se o roubo foi inspirado na série espanhola. Havia até quem se referisse ao chefe da quadrilha como “professor”, em referência ao personagem do ator Álvaro Morte. 

A Cidade do México vive um aumento da criminalidade nos últimos meses. No mês passado, dois israelenses suspeitos de ligação com a máfia foram mortos a tiros em um shopping da capital. /AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.