Quase 30 mortos em novos episódios de violência no Afeganistão

Violentos confrontos no leste e no sul do Afeganistão resultaram na morte de 24 supostos rebeldes e de cinco soldados ao mesmo tempo em que 20 civis ficaram feridos quando um morteiro disparado por desconhecidos atingiu uma casa, informaram autoridades locais neste domingo, 13.No episódio mais violento ocorrido hoje, 18 supostos rebeldes e cinco soldados morreram em Paktika, na fronteira com o Paquistão. Mais seis insurgentes supostamente vinculados à milícia fundamentalista islâmica Taleban morreram em Helmand, no sul afegão, em choques ocorridos entre sábado e hoje.Enquanto isso, numa província devastada por enchentes no sudeste afegão, autoridades encontraram bombas colocadas sob o carro de um importante dirigente do Crescente Vermelho afegão em frente a uma agência governamental de auxílio a refugiados. O artefato foi desarmado com sucesso.Em Cabul, altos funcionários do Ministério da Educação do Afeganistão reuniram-se com generais americanos para analisar formas de coibir os ataques a escolas que provocaram a morte de pelo menos 41 alunos e professores ao longo do último ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.