Jon Super/AP
Jon Super/AP

Quase seis milhões de britânicos viverão sob medidas mais restritivas devido à covid-19

As regras entram em vigor no País de Gales e em regiões do norte da Inglaterra nesta sexta-feira

EFE, O Estado de S.Paulo

23 de outubro de 2020 | 04h49

LONDRES - A partir desta sexta-feira, 23, quase seis milhões de britânicos terão de viver sob estritas medidas restritivas para conter a propagação da covid-19. As regras entram em vigor no País de Gales e em regiões do norte da Inglaterra.

A área metropolitana de Manchester, onde vivem 2,8 milhões de pessoas, passou para o nível de risco mais alto (3), como já estão Liverpool e Lancashire, no norte da Inglaterra. A partir das a partir das 17h desta sexta (horário local), o País de Gales, com 3,1 milhões de habitantes, começará um lockdown de 17 dias.

O Reino Unido registrou 21.242 novas infecções por coronavírus e outras 189 mortes na quinta-feira.

A partir deste sábado, South Yorkshire (norte da Inglaterra) também passará para o nível de risco 3, o que significa que pubs e bares terão que fechar a menos que sirvam comida, assim como cassinos e outros locais de entretenimento. Pessoas que não moram sob o mesmo teto não podem se reunir.

O Governo britânico anunciou ontem um aumento da ajuda às empresas em risco de falência devido às restrições derivadas da pandemia./EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.