Quatro morrem após explosão em prédio e ataque a tiros em hospital vizinho

ALEMANHA

, O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2010 | 00h00

Quatro pessoas morreram e um policial ficou gravemente ferido ontem na cidade de Loerrach, sudoeste da Alemanha, depois de uma explosão em um apartamento e de um ataque a tiros em um hospital vizinho. Para as autoridades, os episódios estão relacionados.

Duas pessoas - uma mulher e um menino - foram encontradas mortas no apartamento, que pegou fogo após uma explosão, disse o promotor Dieter Inhofer à TV pública ZDF. Uma segunda mulher, armada com uma pistola automática, foi vista correndo do local da explosão para o Hospital St. Elisabeth. Ela abriu fogo e matou um funcionário do estabelecimento, especializado em ginecologia e pediatria, disse o promotor. A atiradora foi morta após troca de tiros com os policiais. Um policial foi ferido no tiroteio. A polícia disse que não foram encontradas mais vítimas no hospital. As autoridades de Loerrach, perto das fronteiras com a Suíça e com a França, investigam o caso para descobrir o motivo do ataque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.