Quatro morrem em confrontos com insurgentes na Tailândia

Explosão matou três voluntários de segurança e feriou outros quatro; militante foi baleado enquanto viajava

Associated Press,

22 de agosto de 2009 | 10h04

A Polícia da Tailândia informou que quatro pessoas envolvidas no combate à insurgência foram mortas no sul do país neste sábado, 22, após um ataque à bomba feito por supostos militantes muçulmanos.

 

Segundo o tenente-coronel Suthat Nusrikong, da Polícia tailandesa, três vítimas eram voluntários da segurança da província de Yala. Outros dois voluntários e dois funcionários do ministério do Interior ficaram feridos. Um segundo ataque à bomba também na província deixou dois paramilitares feridos.

 

A quarta vítima foi um militante muçulmano que trabalhava como informante do governo e foi baleado enquanto viajava pela província de Narathiwat.

 

Segundo o balanço do governo da Tailândia, mais de 3.700 pessoas morreram na região sul do país desde que a insurgência islâmica iniciou o movimento separatista, em 2004.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiaislãinsurgentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.