Quatro mortos em queda de helicópteros no Afeganistão

Os mortos no acidente eram soldados americanos; há ainda outros dois militares feridos na colisão de aparelhos

Efe,

26 de outubro de 2009 | 04h04

Pelo menos quatro soldados da Isaf morreram nesta segunda-feira, 26, em um choque entre dois helicópteros no sul do Afeganistão, informou em comunicado a organização, que também reconheceu a perda de um terceiro aparelho com "vítimas militares".

 

A Isaf abriu uma investigação para determinar a causa do aparente colisão em pleno voo dos dois helicópteros. No acidente também ficaram feridos outros dois militares, e, segundo o coronel Wayne Shanks, os quatro soldados que pereceram são

Americanos.

 

Na mesma nota, a organização também reconheceu que um terceiro helicóptero caiu por "razões não confirmadas" no oeste do Afeganistão, ao término de uma operação contra o tráfico de drogas,

que incluiu a revista a um recinto e um combate contra insurgentes.

 

"Quando a força abandonava a região, um helicóptero caiu por razões não confirmadas. Existe informação sobre vítimas militares e uma operação de recuperação (dos restos) está em andamento", afirmou a Isaf no comunicado.

 

Durante a operação de revista, as tropas da força internacional conjunta abateram "mais de uma dúzia" de talebans que tentaram enfrentá-las.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãohelicópterosIsaf

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.