Quatro policiais mexicanos acusados de seqüestro

Quatro policiais da Agência Federal de Investigação (AFI) do México foram detidos sob a acusação de seqüestrar e extorquir um comerciante de nacionalidade coreana,disse hoje a Procuradoria de Justiça (Promotoria) da capital. Os efetivos da AFI, corpo policial encarregado da luta contra oseqüestro e o narcotráfico em todo o país, foram capturados nasexta-feira depois que o empresário denunciou ter sido detidoilegalmente e extorquido por eles, informou a Promotoria. Os agentes federais acusaram falsamente o empresário decontrabando e violação da lei migratória do México, e exigiram US$3.000 para deixá-lo em liberdade, segundo um comunicado daProcuradoria. Fontes da AFI consultadas pela EFE não quiseramcomentar o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.