Quatro rebeldes e três soldados do Paquistão mortos em confronto

Três soldados paquistaneses e quatro rebeldes pró talebans morreram na segunda-feira em uma emboscada da guerrilha contra o comboio do Exército no Waziristão, perto da fronteira afegã, informaram nesta terça-feira fontes militares. O ataque aconteceu nos arredores de Miranshah, a capital do Waziristão do Norte, quando o comboio militar se dirigia à região de Beermal, na fronteira com o Afeganistão. As mesmas fontes asseguraram que os rebeldes, com apoio de talebans, detonaram uma bomba por controle remoto na estrada. Logo depois, quando o comboio parou, os insurgentes abriram fogo contra os veículos do Exército paquistanês, iniciando um tiroteio que durou duas horas. Além dos sete mortos, cinco rebeldes e 10 soldados do Exército ficaram feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.