Quatro soldados dos EUA são feridos no Iraque

Três soldados americanos ficaram feridos depois que o veículo em que estavam passou por cima de uma mina antitanque em Faluja, 60 kilômetros a oeste de Bagdá. Um quarto foi gravemente ferido ontem após ser atingido por um morteiro em Balad. Faluja é uma das regiões mais perigosas para os militares americanos no Iraque ocupado por ser parte do chamado "triângulo sunita", uma zona em que Saddam Hussein, um sunita, ainda tem respeito da população. A Quarta Divisão de Infantaria divulgou hoje o incidente com o soldado atingido pelo disparo de um morteiro na cidade de Balad, a 80 kilômetros de Bagdá. A porta-voz da divisão não deu mais detalhes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.