Queda de avião é o pior da Nigéria em mais de 20 anos

Além das 153 pessoas a bordo do avião da empresa aérea Dana, que caiu neste domingo em Lagos, na Nigéria, ainda há um número não determinado de mortos em terra. O acidente já é considerado o pior desastre aéreo ocorrido na Nigéria em mais de duas décadas.

AE, Agência Estado

03 de junho de 2012 | 20h46

A aeronave se chocou com um prédio de três andares localizado nas proximidades do aeroporto local, no bairro de Iju. O voo havia partido da capital Abuja e o destino final era Lagos, maior cidade da Nigéria. Em nota, o governo do estado de Lagos informou que haviam 153 pessoas no avião Boeing MD83, incluindo passageiros e tripulação.

Até a noite de domingo, os bombeiros continuavam trabalhando nos escombros do edifício e do acidente e vários corpos estão sendo retirados do local. Dois caminhões e mais de 50 bombeiros estavam no local na tentativa de apagar o incêndio provocado pelo desastre. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

Harold Demuren, diretor geral do Escritório de Aviação Civil da Nigéria, confirmou que todos as 153 pessoas a bordo do avião morreram no desastre. O presidente Goodluck Jonathan declarou três dias de luto nacional.

A aeronave parece ter pousado de barriga, destruindo em seu caminho telhados, uma mangueira, um estúdio de marcenaria, uma empresa de impressão, e pelo menos dois prédios de apartamento. O acidente foi agravado pelo fato de não haver água para apagar o incêndio no momento da queda. A água apenas chegou ao local mais de três horas depois do desastre. As informações são da Associated Press

Mais conteúdo sobre:
AcidenteaviãoNigéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.