David Proeber/The Pantagraph/AP
David Proeber/The Pantagraph/AP

Queda de avião em Illinois, nos EUA, deixa 7 mortos

Aeronave retornava da final campeonato masculino de basquete universitário e caiu em plantação de soja perto do aeroporto

O Estado de S. Paulo

08 de abril de 2015 | 09h57

BLOOMINGTON, EUA - Um avião particular que voltava da decisão do campeonato masculino de basquete universitário dos Estados Unidos caiu na terça-feira, 7, ao se aproximar do aeroporto de Illinois, matando todas as sete pessoas a bordo, incluindo dois membros do departamento atlético da Universidade do Estado de Illinois.


Torry Ward, de 36 anos, técnico assistente do time masculino de basquete da universidade, Aaron Leetch, de 37 anos, diretor atlético, e cinco apoiadores do programa morreram no acidente, de acordo com a universidade.

"Palavras não conseguem expressar totalmente a dor sentida após tal tragédia", disse o presidente da Universidade do Estado de Illinois, Larry Dietz, em nota.

Os médicos legistas do Condado de McLean identificaram os sete homens, que eram todos da área de Bloomington-Normal e foram encontrados usando o cinto de segurança em seus assentos nos destroços do avião.

Entre os mortos estavam Terry Stralow, de 64 anos, Scott Bittner, de 42, Andy Butler, de 40, Jason Jones, de 45, e o piloto Thomas Hileman, de 51, de acordo com os legistas.

Uma busca foi iniciada quando a aeronave não relatou aos controladores que havia aterrissado e não foi encontrada no aeroporto, segundo o departamento de polícia do Condado de McLean.

Os destroços do avião foram encontrados cerca de três horas depois em um campo de soja, sem sobreviventes, de acordo com nota da polícia.

A Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) dos EUA identificou a aeronave como sendo um Cessna 414, bimotor que pode carregar até 10 passageiros. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
EUAacidente aéreoIllinois

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.