Reuters
Reuters

Helicóptero militar americano cai no Iraque e mata todos os ocupantes

Ainda não se sabe os motivos que levaram à queda da aeronave, um HH-60 Pave Hawk, e o número exato de vítimas

O Estado de S.Paulo

16 Março 2018 | 05h36
Atualizado 16 Março 2018 | 07h46

WASHINGTON - Um helicóptero militar dos EUA caiu na quinta-feira 15 perto da cidade de Alcaim, no oeste do Iraque, matando todos os ocupantes, segundo fontes militares iraquianas. Ainda não se sabe os motivos que levaram à queda da aeronave, um HH-60 Pave Hawk, e o número exato de vítimas.

+ Queda de helicóptero militar dos EUA mata dois soldados

+ Site diz que 2017 foi ano mais seguro da história da aviação e Trump tenta ganhar parte dos créditos

De acordo com as primeiras investigações, o acidente aconteceu em razão de uma falha técnica, mas ainda não foram divulgados detalhes sobre o caso. 

+ Queda de avião militar mata ao menos 12 na República Democrática do Congo

Autoridades americanas afirmaram que o helicóptero não estava em uma operação de combate, mas sim transportando tropas para uma ação de apoio anti-jihadista. O major Adrian J. Rankine-Galloway, porta-voz do Pentágono, disse na noite de quinta-feira que o resgate foi acionado e o acidente, na Província de Anbar, perto da Síria, está sob investigação. 

O HH-60 é uma versão modificada do helicóptero Black Hawk. Ele normalmente é levado pela Força Aérea para missões de retirada médica e usado por especialistas em operações especiais.

Relembre: Queda de avião militar nos EUA mata 16 pessoas

Os EUA operam tanto helicópteros como aviões no Iraque em sua campanha contra o grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que chegou a ocupar vastas áreas ao norte e ao oeste de Bagdá a partir de 2014.

As forças americanas bombardeiam posições do EI no Iraque e na Síria, e fornecem apoio e treinamento às tropas que combatem os extremistas nos dois países. / EFE, AP e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.