Queda de avião militar mata 25 na Indonésia

Aeronave caiu em um hangar em uma base aérea em um aeroporto na ilha de Java

Efe,

06 de abril de 2009 | 06h47

Pelo menos 25 pessoas morreram nesta segunda-feira, 6, após a queda de um avião militar em um hangar em uma base aérea no oeste da ilha indonésia de Java, informou o porta-voz da Força Aérea, Bambang Sulistyo.

 

O fato ocorreu perto da cidade de Bandung, 115 quilômetros ao sudeste da capital, Jacarta, onde aparentemente o aparelho explodiu em chamas como uma "bola de fogo gigante" antes de colidir, declarou uma testemunha à agência oficial Antara.

 

Segundo a mesma fonte, o avião - um Fokker 27 que transportava 18 passageiros e sete tripulantes - caiu contra as instalações de um aeroporto que tinha sido fechado ao tráfego pela Força Aérea.

 

Há duas semanas, um Boeing 737-200 da companhia aérea Sriwijaya Air com 122 passageiros efetuou uma aterrissagem forçada no aeroporto de Batam, no noroeste do arquipélago.

 

O de hoje é o quarto acidente aéreo e o mais mortífero das últimas cinco semanas na Indonésia, um país no qual o índice de acidentes com aviões é de 2,1 por cada milhão de voos.

 

A Comissão Europeia proibiu em 2007 cerca de 50 companhias aéreas indonésias de sobrevoar seu espaço aéreo porque descumpriam as regulações de segurança do bloco de países.

 

Bruxelas reconheceu várias vezes que os esforços para melhorar a situação da Indonésia, que no final de 2008 aprovou uma lei de Segurança Aérea que seguia as recomendações europeias, mas o veto do bloco foi revisado e mantido periodicamente desde então.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.