State Emergency Service of Ukraine/AFP
State Emergency Service of Ukraine/AFP

Queda de avião militar na Ucrânia deixa 22 mortos

Duas pessoas ficaram feridas e outras três estão desaparecidas; causa do acidente ainda não foi determinada

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2020 | 18h12
Atualizado 25 de setembro de 2020 | 23h05

KIEV - Vinte e duas pessoas morreram e outras duas ficaram gravemente feridas na queda de um avião militar na noite desta sexta-feira, 25, no leste da Ucrânia, anunciou o Ministério do Interior do país. O avião, que caiu perto de Jarkiv, transportava principalmente cadetes de uma escola militar.

Nas imagens divulgadas pelas autoridades nas redes sociais, o avião aparece destruído por chamas. Bombeiros jogavam água no que restava dele.

Duas pessoas ficaram feridas e outras três estão desaparecidas, de acordo com o último balanço do serviço de emergência estadual.

Um balanço anterior mostrava 22 mortos, dois feridos e quatro desaparecidos de um total de 28 pessoas a bordo, mas depois descobriu-se que um aluno, inicialmente incluído entre os passageiros desaparecidos, não havia embarcado no avião.

"O estudante Oleksander Jarchenko não foi admitido neste voo de última hora", declarou a Força Aérea, especificando que o avião transportava sete tripulantes e 20 cadetes.

Os feridos estão em estado "crítico", disse o governador regional Oleksi Kucher no Facebook.“Terrível tragédia”, lamentou no Facebook o presidente Volodomir Zelenski, que anunciou que viajará ao local no sábado.

O chefe da diplomacia da União Europeia, Josep Borrell, transmitiu suas condolências no Twitter às famílias e amigos de "aqueles que perderam suas vidas".

O presidente Zelenski ordenou "a criação urgente de uma comissão governamental para esclarecer as circunstâncias e as causas" da catástrofe. A promotoria anunciou em um comunicado que havia aberto uma investigação por "violação das regras de voo".

O avião de transporte militar Antonov An-26 caiu ao pousar por volta das 20h50, no horário local, a dois quilômetros do aeroporto militar de Chuguev, segundo o serviço de emergência estadual.

A cidade está localizada a cerca de 30 quilômetros a sudeste de Kharkiv e cem quilômetros a oeste da linha de frente que separa os territórios sob o controle do governo ucraniano daqueles sob o controle dos separatistas pró-russos.

"De acordo com informações preliminares, foi um voo de treinamento", disse a presidência ucraniana em um comunicado. Nos últimos anos, vários aviões militares caíram na Ucrânia em voos de treinamento. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.