Queda de avião no Alasca mata 10 pessoas

A Agência Nacional de Segurança de Transporte (NTSB, na sigla em inglês) e a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) dos EUA informaram que pretendem analisar o acidente com um avião operado pela Rediske Air no Alasca. O incidente ocorreu no aeroporto de Soldonta, no domingo pela manhã, e deixou dez pessoas mortas.

AE, Agência Estado

08 de julho de 2013 | 04h53

Segundo a FAA, as autoridades policiais locais relataram que todas as 10 pessoas a bordo morreram, mas os detalhes do incidente ainda não estão claros. Investigadores da agência se dirigiram para o local do acidente, contudo o porta-voz da FAA pode dizer se o acidente ocorreu quando o avião estava decolando ou pousando.

Em um comunicado separado, a NTSB disse que estava enviando uma equipe própria, incluindo o investigador sênior de acidentes e membro do conselho Earl Weener, para o local.

Durante anos, as autoridades federais de segurança aérea vêm buscando formas de melhorar o treinamento de tripulação, a manutenção e outros programas de segurança em várias companhias de táxi aéreo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAVIÃOALASCA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.