Queda de avião no sul do Afeganistão deixa 4 mortos

Cabul, 27 (AE) - Um avião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) caiu no sul do Afeganistão neste sábado, matando os quatro funcionários da coalizão a bordo. Os primeiros relatos indicam que a aeronave não foi derrubada por insurgentes, segundo a Otan.

Agência Estado

27 de abril de 2013 | 15h29

"A causa da queda está sendo investigada, embora as informações iniciais sejam de que não havia atividade de inimigos no local no momento (da ocorrência)", disse a Otan em breve comunicado.

A Otan não informou as nacionalidades das vítimas ou o local da queda da aeronave. A maioria dos soldados internacionais que servem no sul do Afeganistão é dos EUA.

O Taleban, que mais cedo anunciou o início de sua "ofensiva de primavera" anual contra o governo afegão, apoiado pelos EUA, não assumiu a responsabilidade pela queda do avião.

Acidentes aéreos são bem frequentes no Afeganistão, onde a missão internacional de 100 mil homens depende muito de transporte aéreo para combater insurgentes no sul e leste do país. As informações são da Dow Jones e Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoaviãoqueda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.