Queda de helicóptero mata 6 militares no sul da Tailândia

Aparelho realizava missão rotineira de observação; ataque de rebeldes foi descartado pela Força Aérea

Efe,

06 de agosto de 2008 | 05h10

Seis militares morreram nesta quarta-feira, 6, na queda de um helicóptero na conflituosa região muçulmana do sul da Tailândia, informou a Força Aérea do país. O aparelho desenvolvia uma missão rotineira de observação e caiu por volta da meio-dia (local) em uma zona rural do distrito de Betong (província de Yala), cerca de 1.100 quilômetros ao sul da capital Bangcoc. O porta-voz da Força Aérea, capitão Monthon Suchakorn, afirmou que uma equipe de especialistas se deslocou até o local do acidente para investigar o ocorrido. Suchakorn descartou que o helicóptero tivesse sido atacado por rebeldes muçulmanos, que quase diariamente ameaçam as forças de segurança posicionadas nas províncias muçulmanas de Yala, Narathiwat e Pattani.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiaacidentehelicóptero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.