Queda de helicóptero militar mata sete na Coréia do Sul

Aeronave retornava para base militar, após transportar soldado para hospital; nevoeiro pode ser a causa

Efe,

20 de fevereiro de 2008 | 00h33

Sete militares morreram nesta quarta-feira, 20, na queda de um helicóptero do Exército da Coréia do Sul, informaram as Forças Armadas do país. O aparelho, um helicóptero UH-1H, caiu por volta da 1h40 (13h40 de Brasília desta terça-feira), perto de um monte em Yangpyong, na província Gyeonggi. Na hora da queda, a aeronave retornava para sua base militar, após ter transportado um soldado para um hospital perto de Seul. Um nevoeiro pode ter causado o acidente, mas nada foi confirmado até o momento. Segundo os bombeiros locais, citados pela agência sul-coreana Yonhap, o helicóptero se partiu em dois, o que indica que o impacto da queda foi grande. No entanto, indícios de explosão não foram detectados até agora. Todos os ocupantes do aparelho acidentado morreram. As autoridades militares localizaram o helicóptero duas horas depois do acidente. Uma investigação foi aberta para determinar o que aconteceu.

Tudo o que sabemos sobre:
Coréia do Sulacidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.