Queda de helicóptero militar russo deixa ao menos dez mortos

Pelo menos dez militares russos morrerame outros quatro ficaram feridos na queda nesta segunda-feira de um helicópteromilitar Mi-8 perto de Vladikavkaz, capital da república da Ossétiado Norte, limite com a Chechênia, informou o Ministério da Defesa daRússia. Os militares morreram devido ao incêndio no aparelho após aqueda, acrescentou a fonte, citada pelas agências russas. Além dos três tripulantes, entre os ocupantes estavam dozemilitares, entre generais, coronéis e oficiais, membros de umacomissão de inspeção de logística do Exército. A aeronave, que participava de manobras militares, caiu às 17h30(10h30 de Brasília) na localidade de Yuzhni, próxima à capital daOssétia do Norte. O departamento do Ministério de Situações de Emergência daOssétia do Norte informou que o helicóptero caiu perto de umCemitério. O helicóptero tinha partido nesta segunda-feira da Ossétia do Norte com destinoà maior base militar russa no Cáucaso norte, Khankala, que ficaperto de Grozni, captal da Chechênia. Por enquanto, não se sabe se o Mi-8 sofreu um acidente, devido auma falha de pilotagem, ou foi derrubado por tiros a partir deterra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.