Quênia: explosão mata quatro e deixa 25 pessoas feridas

Ao menos quatro pessoas foram mortas e outras 25 ficaram feridas após uma explosão dentro de uma van de passageiros na capital do Quênia, informou a polícia local. O ataque ocorre após um grupo invadir, em setembro, e matar 67 pessoas no shopping center Westgate Mall, também na capital do País.

AE, Agência Estado

14 de dezembro de 2013 | 17h13

A explosão ocorreu quando o miniônibus viajava do bairro Eastleigh para o centro da cidade, disse Benson Kibue, oficial da polícia de Nairóbi. Investigadores acreditam que uma bomba caseira causou a explosão.

O bairro de Eastleigh é conhecido pela grande população da etnia Somalis. Um oficial próximo às investigações sobre o ataque ao Westgate Mall confirmou, no mês passado, que quatro dos terroristas eram da etnia somali e que passaram um tempo em Eastleigh. O oficial confirmou que os atiradores chegaram ao Quênia em junho.

O Quênia tem sido vítima de múltiplos ataques terroristas desde quando enviou militares para a Somália em 2011, para lutar contra o grupo extremista al-Shabab.

Al-Shabab assumiu a autoria dos ataques ao Westgate, dizendo que ocorreram em retribuição ao envolvimento do Quênia na Somália. O grupo, que possui vínculos com a al-Qaida, tem liderado ataques terroristas nos últimos anos e informou que mais ocorrerão caso o Quênia saia da Somalia.

Aproximadamente 500 mil somalis estão refugiados no Quênia, a maior parte em assentamentos próximos da fronteira com a Somália. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
QueniaexplosãoSomalia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.