Quênia legaliza poligamia

O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, promulgou nesta terça-feira a legalização da poligamia no país. A lei promulgada hoje pelo presidente queniano permite que os homens quenianos se casem com quantas mulheres quiserem.

AE, Agência Estado

29 de abril de 2014 | 15h01

A advogada Judy Thongori opinou que a nova legislação sobre os casamentos era aguardada com ansiedade e possui mais pontos positivos do que negativos.

De acordo com ela, o número de mulheres que um homem poderá desposar dependerá das tradições das tribos envolvidas.

O Quênia possui 42 tribos e muitas delas não limitam o número de esposas que um homem pode ter, desde que seja capaz de sustentá-las.

Judy Thongori comentou que as leis anteriores sobre o tema foram impostas pelos colonos britânicos antes da independência do Quênia e não abrangiam os sistemas de valores das populações indígenas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Quêniapoligamia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.