Questão econômica faz Índia reduzir orçamento militar

A Índia vai reduzir seu orçamento militar no próximo ano fiscal, que começa em 1º de abril, devido à desaceleração econômica enfrentada pelo país, disse nesta quarta-feira o ministro de Defesa, A.K. Antony. Ele acrescentou que a Índia, um dos países que mais gasta com equipamentos militares, vai reduzir as importações e focar em aumentar a produção local de armas.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2013 | 12h10

A Índia compra armas no valor de bilhões de dólares de países como Rússia, Estados Unidos, Israel, França e Reino Unido. O governo destinou 1,93 trilhão de rupias para o Exército no próximo ano fiscal.

O crescimento econômico da Índia diminuiu para o menor ritmo em cerca de uma década, com a inflação alta e o crescente déficit fiscal e orçamentário se juntando ao impacto da fraca economia global. O governo informou recentemente que estima que a economia tenha crescido 6,2% no último ano fiscal até março de 2012, menos do que a estimativa inicial de 6,5%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiaorçamento militarredução

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.