Quirguistão fecha fronteira com Usbequistão

O Quirguistão fechou hoje sua fronteira com o Usbequistão, após homens armados não identificados atacarem um posto policial em uma cidade fronteiriça usbeque, segundo funcionários quirguizes. Em outro ataque ocorrido hoje, na cidade de Andijan, um suicida se explodiu, matando um policial e ferindo vários transeuntes. O serviço da Guarda Fronteiriça Quirguiz afirmou que todo o tráfico foi interrompido após o ataque ao posto policial. A rádio local informou sobre quatro agentes mortos.

AE-AP, Agencia Estado

26 de maio de 2009 | 15h06

Andijan foi palco de uma brutal ofensiva do governo usbeque em maio de 2005. Grupos de direitos humanos e testemunhas contabilizaram mais de 700 mortos. No vale, dividido entre Usbequistão, Quirguistão e Tajiquistão, vivem 11 milhões de pessoas, a maioria conservadores muçulmanos. O local tem sido uma fonte de instabilidade regional desde o colapso soviético, em 1991, por causa do aumento do radicalismo islâmico e de tensões étnicas.

Tudo o que sabemos sobre:
QuirguistãoUsbequistãofronteira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.