Quito paga parcela de dívida com BNDES

O governo do Equador ordenou ontem o pagamento de uma parcela de US$ 28,2 milhões de um empréstimo feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) para a construção de uma hidrelétrica pela Norberto Odebrecht. Quito denunciou irregularidades e pediu uma arbitragem internacional, mas disse que pagará as parcelas até que haja um veredicto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.