Quito quer US$ 210 milhões da Odebrecht

O governo equatoriano anunciou ontem que processará a construtora brasileira Norberto Odebrecht por "estelionato e peculato", além de pedir o ressarcimento de mais de US$ 210 milhões por problemas estruturais ocorridos na Usina Hidrelétrica de San Francisco. O Equador alega que a obra foi entregue inacabada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.