Radicais iranianos dispersam vigília em Teerã por vítimas

Vigilantes radicais dispersaram nesta terça-feira uma vigília noturna com velas realizada em Teerã, da qual participaram cerca de 4.000 pessoas, golpeando e prendendo os que se reuniram no local para oferecer suas condolências pelo ataque terrorista da semana passada nos Estados Unidos.Durante a operação, os vigilantes vestiam trajes civis e detiveram mais de 10 pessoas enquanto a polícia uniformizada apenas observava o que ocorria."Fomos golpeados pelos vigilantes, mas valeu a pena porque conseguimos expressar nossa aflição pelas vítimas dos ataques terroristas nos Estados Unidos", disse o estudante Shokufeh Sadeqi, que conversou com a Associated Press enquanto segurava uma vela acesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.