Radical islâmico toma posse como presidente

O radical islâmico Mohammed Morsi (no centro na foto)prestou juramento ontem como presidente perante a Suprema Corte do Egito, 16 meses após a deposição do ditador Hosni Mubarak em meio à Primavera Árabe. Morsi prometeu "um novo Egito" e enviou implicitamente uma mensagem tranquilizadora a Israel. O novo presidente - o primeiro radical islâmico do mundo árabe - disse que seu governo respeitará os tratados internacionais, referindo-se ao acordo de paz assinado entre Israel e Egito em 1979. Mas ele também prometeu apoiar "os direitos legítimos" dos palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.