Rádio confirma que Farc capturaram jornalista francês desaparecido há 3 dias

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) admitiram ontem que o jornalista francês Romeo Langlois é um "prisioneiro de guerra" da guerrilha. Ele desapareceu há três dias durante combates no sul do país. Segundo a rádio Caracol, a informação foi dada por uma guerrilheira que telefonou para um dos jornalistas que viajaram ao local. "Temos o jornalista francês em nosso poder", disse a mulher, segundo o correspondente da Caracol na região. Ela explicou que o francês é prisioneiro de guerra, pois usava um capacete e um colete de uso militar quando foi capturado. A guerrilheira disse ainda que ele está ferido no ombro esquerdo, mas já recebeu atendimento médico.

O Estado de S.Paulo

02 Maio 2012 | 03h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.