Rádio dos EUA conclama afegãos a não ajudarem Taleban

Prometendo que os terroristas no Afeganistão "pagarão com seu sangue", as Forças Armadas dos EUA estão transmitindo mensagens através do rádio conclamando o povo afegão a não ajudar o Taleban e Osama bin Laden e a ficar longe de possíveis alvos de bombas. As mensagens estão sendo transmitidas pelo avião Air Force EC-130 que sobrevoa o país. "Não são vocês, honrados afegãos, que estão sendo alvo, mas aqueles que poderiam oprimi-los, usá-los para sua vontade e transformá-los em escravos", diz uma transmissão dirigida ao povo do Afeganistão. Há várias diferentes mensagens sendo transmitidas como parte de uma campanha de informação das Forças Armadas, que também lança folhetos de aviões para a população afegã. Os folhetos começaram a ser lançados no domingo passado. Um deles mostra um soldado em uniforme de camuflagem apertando a mão de um afegão tradicionalmente vestido em um local montanhoso. "A aliança de nações está aqui para ajudar o povo do Afeganistão", diz o folheto. A mensagem ao Taleban avisa que ao dar abrigo a Bin Laden e à rede terrorista Al-Qaeda, o regime "declarou guerra contra os Estados Unidos". "Nosso poderio militar é maior, mais rápido e nossas tropas são mais bem treinadas. Vocês serão atacados por terra, mar e ar". Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.