Christophe Karaba/Efe
Christophe Karaba/Efe

Rainha da Holanda marca eleições para 12 de setembro

Primeiro-ministro Mark Rutte renunciou, mas permanecerá no cargo interinamente até o pleito

AE, Agência Estado

25 de abril de 2012 | 08h47

HAIA - A rainha Beatriz, da Holanda, decidiu nesta quarta-feira, 25, realizar eleições nacionais no dia 12 de setembro, após a renúncia do primeiro-ministro Mark Rutte, que permanecerá no cargo interinamente até o pleito.

Veja também:

link Rainha da Holanda aceita renúncia de primeiro-ministro

Após apenas 18 meses de governo, Rutte apresentou seu pedido de renúncia na segunda-feira, 23, por não conseguir aprovar no Parlamento uma proposta que reduziria os gastos públicos em bilhões de euros.

Em reunião com Rutte na noite de ontem, a rainha Beatriz o orientou a dissolver o Parlamento e marcar eleições para 12 de setembro.

Rutte é um dos principais críticos dos países que não seguem as regras orçamentárias da União Europeia e agora, no governo provisório, enfrenta a difícil tarefa de reduzir o déficit holandês a 3% do produto interno bruto (PIB) em 2013. Partidos de oposição dizem que cortes orçamentários drásticos prejudicariam a economia.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.