Kirsty O'Connor/Buckingham Palace/AFP
Kirsty O'Connor/Buckingham Palace/AFP

Rainha descumpre repouso e é vista dirigindo um carro

As fotos publicadas na imprensa britânica mostram a monarca de 95 anos sozinha em um carro, um Jaguar verde, com óculos de sol e um lenço no cabelo

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de novembro de 2021 | 16h32

LONDRES - A rainha Elizabeth II, cujo estado de saúde preocupou os britânicos recentemente, foi fotografada dirigindo um carro em seus terrenos do Castelo de Windsor, onde descansa seguindo as recomendações de seus médicos. 

As fotos publicadas na imprensa britânica mostram a monarca de 95 anos sozinha em um carro, um Jaguar verde, com óculos de sol e um lenço no cabelo. 

Ela recebeu recomendações médicas para repousar, em 20 de outubro, um dia depois de uma recepção no Castelo de Windsor, onde apareceu conversando com seu primeiro-ministro Boris Johnson e com o empresário americano Bill Gates

Seguindo o conselho de seus médicos, a soberana deve renunciar a qualquer viagem oficial durante ao menos duas semanas, anunciou na sexta-feira à noite o Palácio de Buckingham. No entanto, poderá continuar realizando "tarefas leves", como audiências por videoconferência. 

Sua última aparição pública foi na quinta-feira, quando entregou a medalha de ouro da poesia ao poeta inglês David Constantine durante uma audiência por videoconferência. Em um vídeo de 24 segundos transmitido pelo palácio, ela aparece sorrindo, conversando com o poeta por meio das telas.

Boris Johnson, que fala com ela todas as semanas, afirmou em uma entrevista no sábado que a chefe de Estado estava "em ótima forma" e que deveria "simplesmente seguir os conselhos de seus médicos e descansar".

A rainha cancelou seu comparecimento à cúpula do clima COP-26, que acontece por duas semanas em Glasgow.

Também deve cancelar sua participação no Dia da Lembrança, em 13 de novembro, que homenageia os soldados britânicos e da Commonwealth, mas "mantém a firme intenção" de estar presente no evento que marca o Domingo da Lembrança no dia seguinte, informou o comunicado real publicado na sexta-feira./AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.