Rainha Elizabeth convida 8 mil pessoas para tomar chá em seu jardim

São consumidos em média no evento 27 mil xícaras de chá, 20 mil sanduíches e 20 mil pedaços de torta

Efe,

22 Maio 2012 | 18h24

LONDRES - A rainha Elizabeth II convidou nesta terça-feira, 22, 8 mil pessoas para tomar chá em seu jardim do Palácio de Buckingham, uma tradição que neste ano coincide com a celebração de seus 60 anos no trono britânico.

O dia bonito, que marcou o evento em Londres, foi considerado um bom presságio para as comemorações do primeiro fim de semana de junho, quando será realizado em grande estilo o Jubileu de Diamante da rainha, que chegou ao trono em 1952.

Apesar da temperatura de 24 graus, Elizabeth II usou um conjunto de vestido e casaco cor de pêssego e um chapéu combinando, com o qual foi à sua primeira "festa do jardim".

A tradição em que a soberana convida pessoas de todo o país e de todas as "camadas sociais" para tomar chá e bolos vem de 1860, quando foi instaurada com o nome de "cafés da manhã" pela rainha Vitória.

Três vezes por verão, o jardim dos fundos da residência londrina da rainha fica repleto de chapéus, obrigatórios para as mulheres, enquanto a soberana, acompanhada de seu marido, Philip de Edimburgo, e outros membros da família real, cumprimentam durante duas horas os presentes após a execução do hino nacional.

Segundo o Palácio de Buckingham, são consumidos em média no evento 27 mil xícaras de chá, 20 mil sanduíches e 20 mil pedaços de torta, tudo servido por mais de 400 garçons.

Além das festas em Buckingham, Elizabeth II celebra outra parecida no Palácio de Holyroodhouse (Escócia), o que faz com que o número total de convidados a cada ano seja de aproximadamente 30 mil pessoas.

Os convidados são selecionados através de uma variada lista de organizações e, entre eles, estão funcionários públicos, voluntários, diplomatas e militares que representam todas "as camadas da vida do país", segundo o Palácio.

Em 1997, a rainha e o duque de Edimburgo realizaram uma "festa do jardim" só para casais, por ocasião então de suas bodas de ouro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.