Steve Parsons/Pool via REUTERS
Steve Parsons/Pool via REUTERS

Rainha Elizabeth II faz primeira aparição pública após ausências por orientação médica

Monarca de 95 anos, recebeu o chefe do Exército britânico, Nick Carter, nesta quarta-feira, 17, no Castelo de Windsor

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2021 | 17h45

LONDRES - A rainha Elizabeth II, de 95 anos, recebeu o chefe do Exército britânico, Nick Carter, nesta quarta-feira, 17,  no Palácio de Windsor.

A visita, que marca a saída do militar do posto, é a primeira aparição pública da chefe de Estado desde sua ausência em uma cerimônia oficial no último domingo, 14.

Imagens do encontro mostram a rainha em pé com um vestido florido. Ela conversa com o oficial uniformizado, que está prestes a deixar seu posto.

O estado de saúde da soberana, que reina há quase 70 anos, tem sido motivo de preocupação nas últimas semanas. Ela foi colocada em repouso pelos médicos e, no final de outubro, passou uma noite no hospital. 

Elizabeth II reapareceria em público no domingo, quando deveria assistir, de uma varanda, a uma cerimônia em homenagem às vítimas das guerras. Sua participação foi, no entanto, cancelada no último minuto, devido a uma dor nas costas. 

"Ela está bem, muito obrigado", disse o príncipe Charles, herdeiro da coroa, à SkyNews nesta quarta-feira, durante uma viagem à Jordânia. "Aos 95 anos não é tão fácil como antes. Já é difícil aos 73 anos", disse o herdeiro do trono.

Muito ocupada no início de outubro, a agenda da rainha foi reduzida consideravelmente. Elizabeth II cancelou sua viagem à COP26, em Glasgow, na Escócia, onde os príncipes Charles e William representaram a família real, além de uma visita à Irlanda do Norte.  Desde então, vem fazendo audiências por videoconferência. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.