Rainha Elizabeth II vai elogiar os que combatem o ebola em discurso de Natal

A rainha Elizabeth II vai usar seu tradicional discurso de Natal para pedir a reconciliação internacional e elogiar os trabalhadores da área da saúde que combate o ebola na África.

Estadão Conteúdo

25 de dezembro de 2014 | 09h25

No discurso, a rainha deve afirmar que está "profundamente tocada" pela "abnegação" de médicos e enfermeiros que combatem o surto da doença.

Todo ano, a rainha escreve seu próprio discurso de Natal, que é gravado com antecedência e transmitido pela televisão em muitas partes do mundo na tarde do dia de Natal. Ela fez seu primeiro discurso, transmitido por rádio, em 1952.

A rainha planeja celebrar a data com seu marido, o príncipe Philip e outros integrantes da realeza na propriedade de Sandringham, em in Norfolk, Inglaterra. O grupo vai participar de um serviço religioso de Natal antes de um almoço de gala. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.