REUTERS/Clodagh Kilcoyne
REUTERS/Clodagh Kilcoyne

Rainha Elizabeth II oferece condolências às vítimas de ataque em Londres

Monarca britânica também agradeceu os serviços da polícia londrina e de todos que ajudaram as pessoas afetadas no ataque; em evento no centro de Londres, Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, lamenta atentado

O Estado de S.Paulo

23 de março de 2017 | 11h44

LONDRES - A rainha Elizabeth enviou condolências nesta quinta-feira, 23, às pessoas afetadas pelo ataque terrorista em frente ao Parlamento britânico realizado por um agressor que matou três pessoas e deixou 40 feridos.

"Meus pensamentos, minhas orações e minhas mais profundas condolências estão com todos aqueles que foram afetados pela terrível violência de ontem", disse a monarca em comunicado. "Sei que falo por todos ao expressar meu agradecimento duradouro aos membros da polícia metropolitana e a todos que trabalham tão altruisticamente para ajudar e proteger aos demais."

A rainha participaria da inauguração oficial da nova sede da polícia de Londres nesta quinta-feira, mas o evento foi remarcado para outra data. Ela enviou um pedido de desculpas aos policiais pela mudança de planos e prometeu uma "visita em nova data".

Além da rainha, a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, também reagiu ao atentado na capital inglesa. De acordo com o jornal britânico The Guardian, ao participar de uma série de filmes sobre saúde mental voltada para país e filhos, no centro de Londres, Kate disse que está pensando "em todas as família" atingidas pelo atentado.

"Sei que todos vocês se juntariam a mim para enviar nossos pensamentos e orações a todos que tristemente foram afetados pelo terrível ataque de ontem em Westminster", disse a Duquesa. "Pensaremos em todas as famílias ao mesmo tempo em que discutimos as importantes questões sobre as quais viemos conversar." / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.