EFE/Manuel Podio
EFE/Manuel Podio

Rajoy decide medidas para assumir funções na Catalunha

Foi decidido aplicar o artigo 155 da Constituição, que determina ações em caso de desrespeito ao governo central

EFE, O Estado de S.Paulo

21 Outubro 2017 | 05h53

MADRI- Em mais uma medida para barrar o processo de independência da Catalunha, o governo espanhol decidirá neste sábado, 21, as medidas que empregará para assumir algumas funções das autoridades catalãs. 

Para "restaurar a ordem", Madrid aplicará o artigo 155 da Constituição espanhola, segundo o qual se uma autoridade autônoma (como ainda é o caso da Catalunha) não obedece ordens, o Governo central pode reassumir competencias regionais. A retomada de poder por parte de Madrid deve ser autorizada pelo Senado, e só então poderá ser aplicada efetivamente. 

Fontes parlamentares afirmaram à EFE, agência de notícias, que as propostas de Madrid deverão ser aprovadas na próxima sexta, 27.

+++ Governo espanhol: 'Chegamos a uma situação limite na Catalunha' 

Entre as funções que poderão voltar para Madrid então o controle das finanças públicas e das forças de segurança regional da Catalunha. 

Relembre

A Espanha vive uma crise política que foi desencadeada pelo grande interesse e movimentação das forças independentitas da Catalunha, entre eles:

1. Dia 1º de outbro: a votação do referendo pela independência; houve tensão e confronto entre eleitores e polícia

2. Dia 10 de outubro: com base no resultado do referendo, o presidente catalão Carles Puigdemont declara independência mas suspende efeitos, em uma clara tentativa de negociação com Madrid/EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.