Ramadã termina com pôr-do-sol na Arábia Saudita

A Arábia Saudita anunciou nesta segunda-feira o encerramento do Ramadã, mês sagrado de jejum e orações dos islâmicos. O anúncio foi feito depois do pôr-do-sol, com a mudança da fase da lua. Os muçulmanos seguem um calendário lunar.

Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 15h20

Com o encerramento do Ramadã, a Arábia Saudita informou que o feriado sagrado de Eid al-Fitr começará amanhã e se estenderá por três dias. Meca e Medina, os principais locais sacros do Islã, situam-se em território saudita.

O Egito e outros países árabes também informaram hoje que o Eid al-Fitr começará a ser celebrado amanhã dentro de suas fronteiras.

Para os muçulmanos, o Ramadã é um exercício espiritual, uma lição de autocontenção e tempo de caridade e amor ao próximo. O mês sagrado de jejum e orações é obedecido por milhões de muçulmanos em todo o mundo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Oriente MédioRamadã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.