Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Ramadan será enterrado em Awja, onde nasceu Saddam

O ex-vice-presidente iraquiano, Taha Yassin Ramadan, executado na madrugada desta terça-feira, 20, será enterrado à tarde em Awja, o povoado natal de Saddam Hussein, segundo fontes policiais da província de Salah ad-Din (norte).A fonte disse que Ramadan, "número três" do regime do ex-ditador, será sepultado a poucos metros do lugar onde Saddam foi enterrado, em Awja, que fica 10 quilômetros ao sul de Tikrit, capital da província sunita de Salah ad-Din, 170 quilômetros ao norte de Bagdá."O governo de Salah ad-Din foi informado que o corpo do Ramadan chegará a uma base militar perto de Tikrit a bordo de um helicóptero americano às 14h30 (8h30 de Brasília)", disse o general-de-brigada Jassim Mohammed, subcomandante da polícia de Salah ad-Din."O caixão será levado a Awja para o sepultamento, que acontecerá a poucos metros do lugar onde Saddam foi enterrado", acrescentou.Por sua parte, Sheikh Ali al-Nada, chefe da tribo de Bu Naser, à qual Saddam pertencia, afirmou que "a filha mais velha de Saddam, Raghad, deu permissão para enterrar Ramadan no mesmo local que seu pai".No lugar, também estão os corpos dos dois filhos do ex-presidente iraquiano, Uday e Qusai, seu neto Mustafa, seu meio-irmão Barzan Ibrahim Al-Hassan e o chefe do tribunal revolucionário Awad al-Bandar, que enviou 148 xiitas à forca em 1982 por considerá-los culpados da tentativa de assassinato d Saddam.O filho do Ramadan, Ahmed, disse que o pai solicitou ser enterrado junto a Saddam, o homem ao qual serviu fielmente durante toda sua vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.