Rasmussen diz que missão da Otan na Líbia acabará 'em breve'

Secretário-geral da Aliança disse que ficará no país até quando for necessário, mas 'nem um minuto a mais'

EFE

05 Setembro 2011 | 11h09

BRUXELAS - As operações da Otan na Líbia terminarão "em breve", segundo anunciou nesta segunda-feira o secretário-geral da organização, Anders Fogh Rasmussen, que não revelou uma data concreta.

 

Veja também:

blog TWITTER: Siga nossos enviados

forum OPINE: Onde se esconde Kadafi?

especialESPECIAL: Quatro décadas de ditadura na Líbia

lista ARQUIVO: ‘Os líbios deveriam chorar’, dizia Kadafi

 

"A Otan e seus parceiros estarão lá enquanto for necessário, mas nem um minuto a mais. Quando determinarmos que a ameaça terminou, colocaremos fim à operação", afirmou Rasmussen em entrevista coletiva.

 

 

"Não posso revelar uma data precisa, mas acho que será em breve", destacou o responsável da organização.

Mais conteúdo sobre:
Líbia OTAN Rasmussen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.