Raúl Castro é reeleito presidente de Cuba para mais 5 anos de mandato

Anúncio acontece dois dias após de ele ter mencionado possibilidade de deixar o governo

Agência Estado,

24 de fevereiro de 2013 | 20h09

HAVANA - Os 612 membros do Parlamento empossados neste domingo, 24, reelegeram Raúl Castro, de 81 anos, como presidente de Cuba, informou a mídia estatal. Ele cumprirá oficialmente o seu último mandato de cinco anos juntamente com o novo vice-presidente, Miguel Diaz-Canel, que completa 53 anos em abril.

O anúncio acontece dois dias após Raúl Castro ter mencionado a possibilidade de deixar o governo. A sessão parlamentar para escolha do Conselho de Estado contou com a presença do ex-líder cubano Fidel Castro pela primeira vez desde agosto de 2010. Em Cuba, o Conselho de Estado é o órgão máximo do governo e os seus membros são escolhidos pelos parlamentares da Assembleia Nacional ao início de cada legislatura.

Entre outras decisões tomadas neste domingo, Estebán Lazo, que antes atuava como vice-presidente de Raúl Castro, foi escolhido para presidir a Assembleia Nacional (parlamento cubano), informou a agência de notícias Prensa Latina. Aos 69 anos, Lazo sucede Ricardo Alarcón, que estava no cargo desde 1993.

Além disso, foram reeleitas Ana María Mari Machado para a vice-presidência e Miriam Brito para a secretaria do Parlamento Cubano, de acordo com a agência cubana. Amarilys Pérez, que preside a Comissão Nacional de Candidaturas, afirmou em entrevista concedida ao jornal Juventud Rebelde que a eleição deste domingo visava a um projeto que garanta a "continuidade da revolução, de nosso sistema socialista, a vontade da maioria dos cubanos." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
cubareeliçãocastro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.