AFP PHOTO / ERNESTO MASTRASCUSA
AFP PHOTO / ERNESTO MASTRASCUSA

Raúl já tomou sua decisão de deixar governo, diz Mujica

O comentário foi feito quando ele foi questionado sobre a possibilidade sair candidato no Uruguai, possibilidade que ele também descartou

O Estado de S. Paulo

08 de fevereiro de 2016 | 15h57

HAVANA - O ex-presidente do Uruguai José "Pepe" Mujica, que visitou Havana no fim de janeiro, disse que o presidente Raúl Castro já tomou a decisão de deixar o governo em razão de sua idade avançada, segundo uma entrevista concedida ao jornal italiano La República, publicada nesta segunda-feira, 8.

"Raúl vai embora, já está com a decisão tomada e tem 85 anos. Por quê? Porque com a biologia não se pode e é preciso respeitá-la porque é determinante", afirmou Pepe, que governou o Uruguai entre 2010 e 2015. 

O comentário foi feito quando ele foi questionado sobre a possibilidade sair candidato no Uruguai, possibilidade que ele também descartou, pelo mesmo motivo. Em seguida, deu como exemplo governantes longevos como os irmãos Castros.

Sobre Fidel Castro, Mujica disse que o viu melhor do que há dois anos, apesar de "estar com dificuldades para caminhar". "Tem de usar uma bengala, mas está com a cabeça muito lúcida, perfeitamente informado. Fiquei surpreso que leia sem óculos. Está vivaz, faz perguntas inteligentes, como sempre", afirmou.

Mujica visitou a capital cubana, onde foi o convidado principal para o prêmio literário Casas de las Américas. Na ocasião, ele se reuniu com Fidel Castro e com os dirigentes da guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que em Havana mantêm uma negociação com o governo colombiano. 

A fotografia de Mujica com Fidel Castro difundida no dia 30 é a imagem mais recente do líder cubano. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.