Reaparece americano que havia sumido nas Filipinas

Um oficial naval norte-americano que estava sendo intensamente procurado desde que supostos guerrilheiros atacaram militares americanos e filipinos nas encostas do monte Pinatubo reapareceu na noite (hora local) desta quarta-feira na Base Aérea de Clark, informaram as autoridades. O tenente Scott Alan Washburn estava ileso e apenas faminto, e explicou que se escondeu após o ataque da véspera e depois andou durante aproximadamente três horas até a base onde haviam sido realizados exercícios conjuntos, disse o major Allan Ballesteros, porta-voz da Força Aérea filipina. O porta-voz disse que Washburn tentou alertar um helicóptero que o procurava, mas este não o viu, e então decidiu caminhar até à noite. Ele chegou à base filipina - que pertencia aos EUA - às 11h00 (hora loca) desta quarta-feira. Washburn já esteve nas Filipinas cinco vezes e, segundo seu pai, está preparado para sobreviver em circunstâncias adversas. As autoridades disseram que o incidente não está relacionado com outro episódio na ilha de Basilán, no sul do país, onde rebeldes muçulmanos do grupo Abu Sayyaf mantêm 20 reféns, incluindo três americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.