Reator nuclear japonês volta a funcionar 2 anos após acidente

Um reator nuclear de Fukui (oeste do Japão) voltou a operar nesta quarta-feira, dois anos e meio depois de um vazamentode vapor não radioativo causar a morte de cinco pessoas e ferir seis. O reator número três da Kansai voltou a operar para gerar eletricidade.Em 9 de agosto de 2004, o acidente num dos reatores da usina nuclear Kansai Electric, em Mihama, depois de 30 anos em atividade, provocou a morte de quatro trabalhadores. Pouco depois, mais um morreu por causa dos ferimentos.O vazamento de vapor aconteceu na sala de turbinas, cujosencanamentos não haviam sido inspecionados em pelo menos 28 anos.Parentes das vítimas criticaram a decisão, alegando que aempresa ainda não concluiu sua investigação sobre o caso e não foram apuradas as responsabilidades criminais.O reator número 3 de Mihama tem uma capacidade para gerar 826 mil quilowatts e começou a funcionar em dezembro de 1975.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.