Rebeldes albaneses atiram em diplomatas americanos

Em mais uma violação do cessar-fogo, franco-atiradores de etnia albanesa atiraram contra diplomatas norte-americanos que estavam em visita à zona de contenção no sul da Sérvia.Segundo um comunicado do governo iugoslavo, ninguém ficou ferido. Os rebeldes, que operam na fronteira entre Kosovo e o sul da Sérvia, atiraram várias vezes contra os diplomatas, que deveriam visitar estações de polícia na vila de Lucane.Imediatamente, a caravana que levava os norte-americanos partiu em disparada para a cidade de Bujanovac, localizada perto dali.Segundo um acordo com a Otan, tropas policiais e o exército da Iugoslava estenderam suas operações para dentro da zona de contenção para deter a insurgência albanesa e o contrabando de armas para a vizinha Macedônia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.