Rebeldes ameaçam avançar até a capital

Rebeldes no leste da República Democrática do Congo (ex-Zaire) rejeitaram ontem os apelos de líderes africanos para se retirarem da cidade de Goma e ameaçaram prosseguir com seu avanço até que o presidente Joseph Kabila inicie negociações diretas de paz. Os rebeldes do M23, que têm apoio de Ruanda, disseram que libertarão todo o imenso território congolês, rico em recursos naturais, depois de tomarem a capital da Província de Goma, na fronteira com Ruanda, na terça-feira, elevando as tensões em uma região altamente instável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.