Rebeldes anunciam seqüestro de iraquiano e dois paquistaneses

Um grupo militante do Iraque afirmou ter tomado como reféns dois paquistaneses e um iraquiano empregados das forças norte-americanas. Um vídeo com declarações dos terroristas, que se identificam como integrantes do Exército Islâmico do Iraque, foi vinculado pela TV árabe Al Jazeera nesta segunda-feira. Os rebeldes disseram que os paquistaneses já estão condenados à morte.Os funcionários do Paquistão podem ser dois homens que o governo daquele país deu como desaparecidos. Raja Azad, engenheiro, de 49 anos, e Sayad Naim, motorista, de 29, eram empregados da al-Tamimi, empresa com sede no Kwait e desapareceram na última sexta-feira.

Agencia Estado,

26 de julho de 2004 | 07h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.