Rebeldes atacam importante base aérea no norte da Síria

Rebeldes sírios lançaram um ataque sobre a base aérea estratégica de Taftanaz, no norte da Síria, tentando dar um fim aos ataques aéreos que recentemente atingiram cidades dominadas pelos rebeldes e deram ao regime do presidente Bashar Assad uma vantagem na guerra civil.

DANIELLE CHAVES, Agência Estado

03 de novembro de 2012 | 10h41

O ataque à base aérea, que foi relatado por ativistas, ocorreu um dia antes do começo de uma conferência internacional no Catar na qual os EUA e seus aliados pretendem reorganizar a liderança política da oposição a Assad e unir forças. A liderança no exílio tem sido vista como ineficiente e sem contato com os combatentes rebeldes.

Junto com os rebeldes sírios no ataque estavam combatentes da Jabhat al-Nusra, um grupo militante islâmico inspirado na Al-Qaeda e formado por estrangeiros. Os combatentes da Al-Nusra, que são considerados experientes e disciplinados, já haviam participado de ataques a outras bases aéreas no norte do país nos últimos meses.

A base de Taftanaz é abrigo de helicópteros militares e fica perto da principal rodovia entre a capital Damasco e a cidade de Alepo, onde os rebeldes e o exército têm disputado o controle há meses. Vídeos de ativistas mostram rebeldes disparando morteiros e fumaça saindo de edifícios e de uma pista de pouso.

Ativistas afirmam que mais de 36 mil pessoas foram mortas durante o conflito na Síria, que já dura 19 meses. O conflito teve início como um protesto pacífico contra o governo de Assad, mas acabou se transformando em uma brutal guerra civil. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.