Rebeldes capturam um segurança e um condutor de trem na Índia

Rebeldes atacaram dois trens no leste da Índia e raptaram o condutor e um guarda, nesta segunda-feira, segundo televisão locais. Um oficial da ferrovia informou que um condutor de um trem de carga, que passava por uma região remota no Estado de Jharkhand, reportou um ataque de rebeldes maoístas contra seu trem e outro com passageiros. O gerente da empresa Divisional Railway, A.K. Shukla, disse que os esforços para contatar o trem de passageiros falharam, mas que o trem de carga conseguiu escapar do ataque. O canal de notícias CNN-IBN informou que o trem foi parado por três insurgentes no distrito de Latehar, a cerca de 1,200 quilômetros ao sudeste de Nova Déli. O trem viajava para a cidade de Mugal Sarai no Estado de Uttar Pradesh, ao norte do país e o estado dos outros tripulantes não foi esclarecido. Os rebeldes, conhecidos como Naxalites, afirmam estar lutando pela defesa dos direitos dos pobres e atuam em vários Estados indianos no leste e sudeste. Ele afirmam terem se inspirado em Mao Tsé-tung. São freqüentes os ataques dos rebeldes contra policiais e oficiais do governo, a quem acusam de permitir que estrangeiros explorem as riquezas minerais da região.

Agencia Estado,

13 Março 2006 | 16h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.